13 de jan de 2010

Não foi dessa vez.

Não foi dessa vez.

Eu já sabia, mas, bem lá no fundo, sempre existiu a esperança de que poderia dar certo. Me dei conta disso enquanto ouvia o rádio. Depois que o cara disso o meu curso e começou a ler os nomes dos aprovados, minhas pernas tremeram, meu coração acelerou.

Depois que passou a letra 'r' e eprcebi que meu nome não estava lá, me joguei na cama. Não sei porque. Não creio que fosse por decepção, posso até dizer que foi alívio. Não aguentava mais a espera, mesmo sabendo que a minha prova não tinha sido muito boa.

Assim é melhor. Agora vou me focar na federal (eu realmente preciso me focar na federal), vê o que acontece, espero conseguir uma vaga.

Meus amigos me ajudaram, até porque alguns deles já conhecem a sensação de não consegui, de ficar pelo meio do caminho, o que eles me disseram que é pior que morrer na beira da praia, eles tornaram mais fácil, mais suportável.

Fracassei. Espero ter aprendido com o erro. Federal que me aguarde...

Vou pra casa da Cília agora. Jogar Guitar Hero vai me fazer bem.


*Parabéns especial à Suelane (preta!), que passou em Fisioterapia na UEPA. Parabéns, Sue!!! Você merece.

Nenhum comentário: