26 de dez de 2010

How's it gonna be?

Enquanto ouço o cochicho deles, eu fico pensando no futuro. Como vai ser quando for eu? Claro que algumas coisas não poderão ser do mesmo jeito, mas creio que a maioria vai seguir esse padrão. E eu me preocupo em saber se o melhor caminho segue essa trilha.

Ainda não tive nada em que eu possa me basear, saber o que deu certo e em que é preciso um pouco de trabalho; nenhuma experiência que pelo menos me mostre por qual caminho seguir ou que rumo não tomar. E eu quero muito passar por isso: dividir confissões, medos e afins; conversas em um tom mais sério sobre assuntos mais sérios; tomar decisões que não cabem somente a um, mas que é responsabilidade bilateral e vai influenciar diretamente em ambos, pensando no melhor daquela relação, pra tudo poder funcionar.

Mas depois de toda essa viagem interna, eu volto ao presente e percebo que esse futuro só pode acontecer se o agora for vivido, não vivendo o amanhã hoje. Planejar faz parte, mas não é o todo. E a vida só opera com rendimento máximo se todas as peças estiverem em seus devidos lugares, realizando suas devidas funções.

Ah, o rendimento máximo fica pra outra hora, tá?

8 comentários:

fabiana s disse...

aposto que são objectivos de muita gente. x)

Quareesma disse...

eu descobri que tem coisas que funcionam somente quando estão em desordem, é claro que isso é só uma regra no meio de tanta exceção :)

beijas, meu lindo :*

fabiana s disse...

é, também acho que sim :b

Natália disse...

Tudo depende do jeito que vivermos o hoje. beijo

Etieneps disse...

Oi, Renan! Pode usar a foto sim. Só coloca os creditos num cantinho aí do blog que tá tudo certo! Ainda não olhei seu blog com calma, mas vou ve-lo agora. Obrigada pela visita e fiquei feliz que gostou da foto e dos desenhos :)
ah! quando coloca-la aqui me avisa preu vim dar uma olhada!

Etiene
www.etieneps.art.br

Nayla M. disse...

ashdaiudhsiuahdaud tãão Nane isso u.u

. pamela moreno santiago disse...

tem post novo no meu, dá uma olhadinha *-*
e parabéns pelo blog.

beeeeeijos

fabiana s disse...

a sério? conheço algumas pessoas que sabem tocar. pelo vistos é um bocado complicado :\