23 de jun de 2010

Parafraseando

Não consigo mais compor. Quando leio as composições que já escrevi, me parecem tão vazias, tão sem eu. Não sei se não consigo compor por falta de prática ou por entender que não é tão fácil quanto parece, que essa vida é confusa demais pra ser parafraseada.

E falando em frases, é só o que tenho escrito ultimamente, frases. A maioria (só?) escrita nas últimas páginas dos meus cadernos. Algumas eu nem considero frases porque só fazem sentido pra mim, outra pessoa não as entenderiam da maneira que deve ser. É como se essas frases me traduzissem de uma maneira que só eu consigo entender. Meu próprio idioma. Às vezes, a linguagem é rebuscada demais até pra mim mesmo, criador dessa língua, entender. E, sem dicionário algum publicado, tenho que pular de página e continuar a viver.

2 comentários:

Anna Beatriz disse...

Eu costumo acreditar que cada um vive em seu mundo particular. Criar frases que só fazem sentido pra você, faz parte disso :)
beijão!
Desculpa minha ausência por aqui.

Lika Band disse...

às vezes não é preciso pular de página, nem revê-las. É preciso apenas tempo para você mesmo. Para que volte a escrever como antes, ou quem sabe de uma maneira diferente... que te agrade mais ainda =)