12 de ago de 2010

Tu

Deixo-te ir, mas não permito tua demora em voltar
Vejo-te partir sem te impedir
Mas não sossegarei enquanto não te ter de novo

Não te privo de buscar o que necessitas
Se, depois que encontrares, necessitares de mim
E espero que não reprimas essa vontade

Não te prendo por saber que eu sofreria mais que tu
Te ver sofrer é pior que te deixar partir

Te deixarei partir por não mais lembrar como eu era antes de ti
Por saber que eu preciso conhecer minha vida sem te ter
Tudo só pra ter certeza de que, quando voltares, te escolherei.

2 comentários:

Sue disse...

égua.

lindo *-*
redan sabe fazer essas coisas O/

тαуиα Ѽ disse...

CAAAAAAAAAARA, que lindo *-*