23 de set de 2010

Aceitas um conselho?

Conselhos para o meu eu.
 
Não adianta se desesperar. Mesmo que seja uma reação natural, não vai adiantar, apenas vai te atrapalhar. Logo agora que quase (é, quase) tudo parecia estar dando certo.

O que fazer? O que tu tens feito durante essas últimas semanas.

Foi como eu te disse: "Subtrair o que não for preciso, somar o necessário e esperar que der certo". Faz a tua parte que, se for pra acontecer, tu chegas lá.

Não chora, não. Deixa pra chorar no final. É inevitável o choro, seja de tristeza ou de alegria. Mas como eu te falei, faz a tua parte que o resto não depende de ti. Não tão diretamente, é claro. E se não der certo no fim (bato três vezes na madeira que uma ajudinha nem sempre é demais), tu podes chorar de tristeza por não ter conseguido, mas podes afirmar que tentaste ao máximo.

2 comentários:

Thaís A. disse...

então segue seu conselho menino!
que saudades, égua!
yuhul, hahaha

Anna Beatriz disse...

Vou seguir seu conselho :)
Ah, mas não abandona o blog! D:
beijos!