2 de jan de 2011

Pra começar

Não teve lista esse ano. Quer dizer, o ano que começou. Ano passado eu fiz uma e, como tantas outras, eu esqueci pelo caminho, porque a vida toma caminhos imprevisíveis que podem te levar pra longe do roteiro; tão imprevisíveis que podem te aproximar do teu sonho em um piscar de olhos ou podem abalar teu mundo em uma respiração. E aí, não há lista que consiga te manter nos trilhos, porque não depende de ti.

Mas o ano apenas começou, deixa ele passar que a vida não é feita só de baixos. Não, ela não seria tão injusta assim. Então abrace esse início, mesmo que o ano que passou não tenha terminado da melhor forma. Tente por você e pelos que estão na sua volta. Comece fazendo algo bom por alguém e talvez por você mesmo. E que o resto do ano venha, com altos e baixos. E, se puder, mais altos que baixos, tá, vida?

Um comentário:

fabiana s disse...

e bom que seja com maior percentagem de altos que baixos. :')