25 de ago de 2011

Excerto

Porque muito não está nas nossas mãos. E não há nada que se possa fazer. A não ser encarar e lidar da melhor maneira, é claro. Mas isso já é outra história.

Nenhum comentário: