30 de dez de 2009


Sinceramente, eu nem estava tão afim de assistir Avatar, fui mais por causa de alguns amigos. Acabei não vendo o filme, todas as sessões esgotadas. Confesso que fiquei um pouco surpreso, até porque, como uma amiga minha diz, é um bando de 'homenzinho azul', apesar de já ter ouvido bons comentários a respeito do filme. Quem sabe ele realmente é bom, ?

Depois da 'decepção' com o cinema, nada melhor que uma pizza, certo? E foi isso que fizemos. Duas pizzas grandes pra cinco pessoas. Você pode até pensar que é muito, mas não sobrou um fatia pra contar história (tirando a da Cília, é claaaro).

Dá pra acreditar que depois fomos brincar no carrinho bate-bate??? Fazia muito tempo que eu não brincava naquilo. Foi muuuuuuuuuuuuuuito legal, ainda mais porque tava toda a galera lá (entendam galera por Bill, Cília, Sue e Wanessa). Foi engraçado ver a Cília receber ajuda do tiozinho que comandava o brinquedo, esse pessoal que não sabe onde fica o acelerador é ralado. Foi hilário ver as perseguições, as batidas, foi uma terapia...

É engraçado que mesmo depois de um tempo de convivência, sempre tem alguma coisa que te deixa surpreso quando um 'amigo de longa data' te conta, isso é interessante. Mesa da verdade, calçada da verdade, agora fundo da verdade! PAOKPAOSKAPSOKASPOKASPO' Me espoquei de rir quando a Sue falou isso, mas é verdade, creio que as pessoas do ônibus ficaram assustadas com algumas conversas, coisas de amigos, ou de crianças mesmo.

Foi realmente um momento muito legal, cada dia mais a gente fica mais próximo, cada diz a gente fica mais naked na frente do outro, isso fortalece o nosso vínculo, nos deixa mais próximos e quanto mais próximo, melhor, , Sue???


*Esse último parágrafo ficou muito fresco, ???

Um comentário:

Sue disse...

uma correção: foi o Bill que disse o "fundo da verdade", tudo bem que parece muito que fui eu, um tanto peculiar, eu confesso, esse negócio de fundo =x

ah, quanto mais próximo melhor mesmo ;)