18 de set de 2011

Sonho e presente

É impossível conter. Quando se percebe, o pensamento já está longe, longe. Alguns vão além da realidade. Outros a modificam “favoravelmente”. Mas todo mundo sonha – com formas, visões e pontos de vista diferentes. Porque somos diferentes.

Você já parou pra pensar no seu hoje? Já se perguntou se há alguns anos atrás você se imaginaria onde você está hoje, fazendo o que faz? É como você sonhou? Provavelmente não será exatamente. Mas talvez você tenha acertado a maior parte – Parabéns! Você pode dizer “eu sou o que eu sonhei”. Para alguns, e aqui me arrisco em dizer A maioria, o hoje é completamente diferente do que se imaginava há tempos atrás. E vale ressaltar que isso não significa ser infeliz ou ter fracassado. Então o que seria de pessoas que sonhavam em serem astronautas e hoje adoram trabalhar como administradores, por exemplo? Enquanto o tempo passa, vamos deixando alguns sonhos de lado e sonhando novos (ou apenas renovando os velhos); você começa a se interessar por coisas até então desconhecidas, até que você se encaixa perfeitamente no seu presente, já tão diferente do que você imaginava no passado. Mas nem todos têm a mesma sorte, (agora, sim) infelizmente.

Confesso que meus sonhos de criança eram tão efêmeros quanto mudar de roupa (e acredito que os da maioria também eram/são). Músico, ator, arquiteto, médico, astronauta, engenheiro e por aí vai. E olha eu aqui estudando jornalismo. Engraçado, não é?

Ah, passamos por muitas coisas que nunca nos ocorreria imaginar. Mas elas acontecem. C’est la vie. E talvez hoje você se veja distante do que sempre sonhou. E feliz. Nunca se sabe...

Nenhum comentário: