10 de jul de 2012

Cegueira


Photo: weheartit
Nunca acreditei na afirmação: “o amor é cego”. Creio que somos capazes de enxergar tudo a nossa volta e, principalmente, a pessoa que a gente ama e/ou está em um relacionamento. O ponto é que, uma vez que tudo naquela pessoa parece perfeito, como em um conto de fadas, a gente tende a ignorar os defeitos, aquela coisinha pequena que nos incomoda, aquela mania feia que a pessoa tem, a opinião alheia e uma monte de outras coisas.

O amor não é cego coisa nenhuma. Aliás, a gente tende a prestar bem mais atenção nas coisas que a pessoa amada faz, no que deixa de fazer, no modo de pensar e de agir. O que acontece é uma seleção de informações e de características que compõem o bem amado. Ah, como é lindo estar apaixonado! Sentimento muito bonito, não é? Bonito, mas não perfeito.

Haveria uma tonelada a menos de pessoas infelizes se isso acontecesse, se as pessoas deixassem de ignorar certas coisas e passassem a lidar com elas logo no começo dos relacionamentos. Ninguém é perfeito. Todo mundo deveria saber disso. Mas isso a gente também ignora, e é por isso que o tempo passa, o fogo da paixão vai ficando morno e a gente começa a prestar atenção naqueles detalhes que antes pouco importavam. E são eles que vão ficando cada vez maiores, até que ficam maiores do que a vontade de estar junto e temos mais um relacionamento terminando.

Já aconteceu comigo, provavelmente já aconteceu com você. Caso não, tente logo se tratar dessa cegueira maldita que é melhor pra você. É melhor pra você, pro seu amado, pra sua vida. A saúde do seu coração agradece.

5 comentários:

Raíssa Bahia disse...

Correr esse risco vale cada segundo. Um texto daqueles que eu tenho vontade de te roubar. Parabéns.

Gustavo Ferreira disse...

Amor que enxerga é real, e nada pode ser mais lindo do que a realidade.

Alexia Magalhães disse...

o meu amor com o tempo foi aprimorando sua visão.

Bruno Eleres disse...

.

Amanda Campelo disse...

O amor não é cego, ele é astigmata. Enxerga embaçado os erros que o outro comete, tentando amenizar tudo. Já os acertos enxerga duplicado pra ver se compensa os erros.