29 de set de 2012

Por onde?

Um dia desses, enquanto eu vivia meu presente muito bem focado no futuro, encontrei um resquício teu por entre as páginas do meu livro favorito: um bilhete, pequeno e conciso, escrito naquela tua letra que eu sempre achei estranhamente bonita. Minha opinião quanto a isso ainda permanece a mesma, porém, ainda que eu não te ame mais, não pude evitar imaginar por onde andarias, o que estarias fazendo, como está a tua vida.

Felizmente, nosso término não foi tão doloroso e aparentemente saímos bem. Não há motivos suficientes para odiar uma pessoa que me fez tão bem naquela época da minha vida. Então será que tu estás bem? Nos afastamos por completo e só ouço notícias tuas pela boca dos nossos poucos amigos em comum, notícias curtas e escassas. Não é porque não estamos mais juntos que eu precise te esquecer por completo ou não me importar.

Espero que estejas bem. De verdade.

Photo: Renan Mendes

2 comentários:

Nati disse...

Eu também espero que ela esteja bem... Beijo

Raíssa Bahia disse...

Eu tbm espero...