17 de out de 2012

Aparentemente


Ainda continuo com essa dúvida sobre esse não sentir a nossa separação. Da minha parte, pelo menos. Não sei exatamente o que é isso. Será que eu estou aceitando e lidando com a coisa toda de uma maneira muito positiva ou eu apenas não me dei conta do que realmente aconteceu entre a gente, de que tudo vai mudar de agora em diante? Vou ser extremamente sincero contigo, como sempre fui, e te dizer que não sei.

Eu tô bem, sabe? Isso é o mais estranho. E eu realmente me sinto estranho por me sentir tão bem quando o momento pede algo mais triste e pensativo, um tom mais de despedida e talvez um pouco de choro.

Seja qual for o motivo de eu estar aparentemente bem, sei que tudo vai mudar entre a gente e, sim, eu ainda sinto muito por isso. Eu não queria, sabes bem. Mas agora é acreditar no que eu nunca acreditei e rezar aos céus pra que o tempo seja generoso e bondoso com a gente. Comigo, mas principalmente contigo. A última coisa que eu quero nesse mundo é te ver mal. Tudo, menos isso.

Mesmo eu estando aparentemente bem e ainda não sentindo (ou talvez já lidando com) a separação, essa noite eu durmo com a cara enterrada no travesseiro da minha cama, onde deixaste teu cheiro talvez pela última vez antes da nossa separação.


Photo: weheartit