28 de dez de 2013

48 meses

Eu poderia começar esse texto falando sobre como as coisas mudam em quatro anos. E eu não estaria mentindo. Mas aí seria a mesma coisa de todos os outros textos de aniversário que eu escrevo pro blog e eu já cansei. Foi aí que resolvi fazer algo diferente. É bem provável que alguém já tenha feito isso por aí, mas eu nunca fiz, então é novidade.

São quatro anos. 48 meses com esse blog no ar. Então, pra quem tiver saco, aqui estão 48 coisas sobre o blog e o blogueiro que vos escreve.

(Ah, se as lindas do Minha Vida Como Ela É e Língua e Imagem quiserem fazer isso de acordo com os meses que os blogs dela têm de vida, ficarei super feliz em ler.)


1. Esse blog quase foi abandonado depois da sua criação.
2. Outros 3 blogs tinham sido abandonados antes desse, então eu tinha quase certeza de que esse também seria. Era a lógica.
3. Meus textos eram mais idiotas do que são hoje.
4. Eu usava esse blog como um diário, daqueles que contavam sobre o meu dia e tudo o mais. Pelo menos os textos não começavam com "querido diário...".
5. Sim, vai lá olhar os meus primeiros textos pra comprovar.
6. Dos textos que eu escrevo, poucos são os que eu realmente gosto.
7. Todos os meus textos são baseados em histórias verdadeiras, minhas e de outras pessoas.
8. E poucas são as pessoas que sabem exatamente quais deles são sobre a minha vida ou de outras pessoas.
9. Inclusive eu já escrevi um texto sobre escrever textos baseados na vida de outras pessoas.
10. Eu passei a andar com um pequeno caderno na mochila depois que eu percebi que perdia muitas ideias por não anotá-las na hora em que me vêm à mente.
11. É por isso que devo ter quase 50 textos não acabados.
12. E 25 textos prontos pra serem publicados aqui no blog.
13. Eu sempre gostei de ler, desde pequeno. Deve ser por isso que gosto de escrever.
14. Eu aprendi a ler com os gibis da Turma da Mônica <3 o:p="">
15. Inclusive eu ensinei minha prima mais nova a ler também com os gibis da Mônica.
16. Eu adorava cadernos de caligrafia.
17. Foi por causa deles que minha letra mudou tanto ao longo dos anos.
18. Na verdade, até hoje ela sofre sutis alterações.
19. Isso é horrível quando se trata de documentos, porque a assinatura da minha identidade não é mais a mesma. Aí eu tenho que imitá-la.
20. Eu prefiro mil vezes escrever em papel que digitar, apesar de ser muito mais rápido no computador.
21. Eu sempre quis ter uma máquina de datilografar, mas quando eu ganhei uma, ela quebrou logo depois.
22. Eu normalmente escrevo os meus textos ouvindo músicas (e isso se aplica a listas também, inclusive ouvindo k-pop agora).
23. Falando em música, eu criei outro blog pra fazer críticas musicais, mas ele só tem o layout pronto e nada mais.
24. Esse blog já teve tantos outros nomes e tantos outros layouts que eu nem sei contar.
25. Foi por isso que depois eu o nomeei Inconstante. Casou perfeitamente.
26. Mas aí então eu fiz uma promessa de só trocar o layout dele de ano em ano, normalmente no aniversário. E aqui ele está.
27. Eu gosto tanto de mexer na identidade visual do blog que tenho outras 3 propostas de layout que ainda pretendo usar um dia.
28. Esse deveria ser o texto de número 200, justo no dia em que o blog faz 4 anos. Mas aí eu fiquei confuso porque isso não é bem um texto, é uma lista. Mas vou contar mesmo assim.
29. Eu tive a ideia de fazer essa lista depois de perceber que todo texto de aniversário do blog era quase a mesma coisa.
30. Eu vivo um grande dilema na minha vida: achar que todos os textos que escrevo são parecidos com algum outro que eu já escrevi um dia.
31. Uma das maiores dificuldades de ser blogueiro: encontrar imagens que combinem perfeitamente com o texto.
32. Esse problema seria resolvido se eu mesmo fizesse as minhas fotos, mas isso demanda tempo, dinheiro e segurança na cidade, mesmo que eu adore fotografar. Por isso uso imagens de outras pessoas (dando o devido crédito, é claro).
34. Eu também queria saber desenhar pra que eu pudesse ilustrar os meus textos, mas eu desenho muito mal.
35. Inclusive um dos layouts que eu tenho guardado é todo feito de desenhos a mão, mas aí eu também queria que todos os textos tivessem imagens assim e fica complicado quando você não gosta dos próprios desenhos e nem pode pagar alguém pra fazer isso, né?
36. Demoro 6537659 milhões de anos pra dar título aos meus textos. E eu nunca acho que eles ficam bons o suficiente.
37. Pesquisas apontam que meus textos melhoraram 56348% depois que comecei a fazer Jornalismo.
38. Quase tanto quanto escrever, eu adoro revisar textos de outras pessoas (quando elas me pedem, é claro).
39. Infelizmente hoje em dia eu leio menos blogs do que eu acostumava ler ano passado.
40. Assim como os textos que eu escrevo, gosto de blogs na categoria crônicas/contos.
41. E sim, eu julgo um blog pela aparência.
42. Minha maior surpresa do ano foi encontrar o blog Minha Vida Como Ela É, da Ana Luísa. Uma doçura de ler.
43. Odeio pessoas que comentam nos textos pedindo pra gente ir ler o blog deles.
44. Só comento nos textos dos outros quando eu gosto muito ou quando tenho algo a dizer sobre.
45. Através de blogs, já conheci duas pessoas que foram muito importantes na vida real.
46. Fico dividido entre a vergonha e a confusão quando as pessoas dizem que adoram os meus textos. Ai, valeu, mas como assim tu gosta daquelas coisas, gente?
47. Quatro anos de blog e eu fico super feliz de ainda sentir um enorme prazer em tocar esse projeto em diante.
48. Me desejo pelo menos mais quatro anos de sentimentos extravasados em textos. Amém.

2 comentários:

Ana Luísa disse...

Olá querido! Obrigada pela indicação! Meu blog já tem 5 anos e 2 meses, preciso ver se tenho coragem de elencar tudo isso! Beijo

Milena M. disse...

Eu ia comentar alguma coisa mas, TEM BIRDY PRA TOCAR! FAZENDO COVER DE BON IVER!
Hahaha, parabéns pelos 4 anos! É muita coisa, viu? Levar um blog por tanto tempo não é nada fácil.
Acho que vou roubar sua ideia de andar com um caderninho por aí, de repente assim eu atualizo mais o blog.
Eu também imito minha própria assinatura! Achei que fosse um problema só meu e eu precisasse esconder esse segredo vergonhoso.
O blog da Analu é mesmo uma maravilha! <3
Bom, parabéns de novo!
Beijo